Que a tinta escorra em meus lábios e faça-me sentir teu calor. 

Pintei em meus olhos sua volta.
Ver-te partir nunca mais.

Anúncios

A granja das mães parideiras. 

Minha barriga grande se mexe quando passo as mãos. Escute bebê, digo ao falar com ela, a barriga e não a criança quase pronta pra sair. Está ouvindo essa música? Os violinos, as cordas do piano… Rio alto ao me lembrar que quando criança e descobrira que piano era de cordas eu não acreditei, onde diabos havia cordas ali? Dentro, sempre dentro. Escuta as batidas da bateria? O suave som do sino? Escuta essa melodia? O mundo parece mais justo, mais límpido, suave. Reconfortante. Como dói ter que ser consolação quando se quer ser consolada. Como dói ficar entre esse quarto abafado quando se queria estar lá fora, no meio do ar puro. Ao som dessa música você nasceu. Seria tudo o que eu gostaria de dizer, mas a música está em minha cabeça, está dentro de mim, como você. Somos uma, você e eu. Um dia você sai, e dentro de mim eu sei que você é ela. Eu sei que é ela. Não a barriga, a criança. Falo com ela, apenas ela. 
– 
Está na hora.
– Não, mas são apenas 8 meses. Não está não! – Fuja! Fuja! Mas pra onde fugir se você sou eu e eu sou você?
– Sinto muito. Sinto muito mesmo. – 
Entram dois homens vestindo roupas brancas, eles eram enfermeiros. O outro, o homem de olhar doce, vestindo seu blazer caro e óculos importados era o cruel. Era o que me tirou de você e tirou você de mim. Me abriu antes da hora e cortou nosso laço.
Me deixou anestesiada numa cama qualquer, me deixou sozinha olhando pra outras iguais a mim. Todas sozinhas, todas abertas, todas vazia. Somos suas porcas parideiras, somos suas mães, somos suas amantes, somos suas filhas. Somos todas sozinhas com nada além do tempo, com nada além do resguardo sem seus filhos.MULHERES
Sinto muito são palavras vazias pra quem apenas coloca tudo de bom e depois tira.
Agora sou só eu e esse quarto vazio, e como você já foi com outras, depois de você outras viram. Dentro de mim, pra depois sair.

Chove lá fora e aqui dentro é só silêncio e vazio. A música foi embora com você.