Flutuando em ondas.

Estou a deriva.

Meu barco afundou.

O sol me desidrata.

A água me fere.

Ora vejo terra, ora vejo o mar.

O vento chicoteia.

As tempestades me levam.

A beleza da imensidão do mar se perde em minha dor.

Não consigo vislumbrar o sentido de tanta água intragável.

Não hoje, não agora.

O sal do mar, o sal das lágrimas.

Estou a deriva.

Um comentário sobre “Flutuando em ondas.

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.