O amor, deve ser real?

Será que eu não sou amada?

Será que sou uma pessoa que siga o amor de todo mundo,

E nunca é o suficiente?

Será que o amor do mundo é a abstrato, chato, residual, inexistente ou é tudo?

Será que sou assim, tão volátil?

O que é o amor, o maior amor do mundo?

Será que meu coração é um buraco e não há espaço para armazenagem?

Existe amor entre nós, entre eles, entre vocês?

O que o amor é se não invenção do próprio homem?

Será que fui corrompida pela vida?

No momento é como caixa oca que transforma meus lábios em Arcos e fecha meus olhos para o escuro, sozinha e sem nada.

Anúncios

4 comentários sobre “O amor, deve ser real?

  1. “Não creio que o amor seja apenas um mero sentimento. Não, é muito mais, claro.
    Imagino que seja um fenômeno, o amor. Fenômeno esse, autêntico como a vida e a morte.
    Simplesmente existe; é eterno em sua essência.”_ Esse é um trexo de um texto meu. Coube certinho aqui ha ha ha
    E é onda, se distribui em frequências

    Curtido por 1 pessoa

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.