Oração ao Pai Eternal.

Hoje, 11 de abril de 2018 eu rogo aos céus, Senhor, tenha misericórdia de mim, porque eu sou fraca e não sei viver.

Pedirei também que cuide de minha alma podre e do meu corpo que logo apodrecerá, pois se Tu me amas não se importará que eu vá.

Toda vez que fecho os olhos ao me deitar eu vejo o mar de sangue que corre em minhas veias molhar meus lençóis e deixar minha vida vazar.

Assim, facilmente e dolorosamente eu irei.

Senhor, nesse instante tudo o que eu quero é nada, porque eu não nasci estragada e a única coisa que conheço é o sofrimento e a dor.

O senhor presenteou a filha errada aos pais errados, tudo o que eu conheço é o trauma.

Tudo o que eu quero é ir embora.

Hoje, nesse dia quente de abril eu lhe imploro, me salve.

Sempre que fecho os olhos eu vejo os comprimidos azuis me chamando para que os abrace em minha boca e os deixe me libertar do que eu mais temo.

Viver é um fardo que não consigo carregar.

Viver é doloroso e não consigo suportar.

Nesse dia de quente de abril, Senhor, me perdoe, eu não sei esperar.

Me acolha em seus braços e me deixe ser uma boa filha.

Me segure em seus braços e não me deixe voltar.

Se existe o inferno ele deve ser aqui.

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s