O retrato do velho homem que nunca fui. 

Colocou a primeira alça, ela caiu, pois que fique assim, jogada no ombro como se não se importasse com mais nada. Assim, vivem os modernos. Levantou da cama e olhou tristemente o que ficava, o travesseiro ainda quente, as cobertas viradas, o corpo nu que ficava adormecido respirando gentilmente contra o sol, ele vem e o outro vai.
Cada passo que dava era um chamado da natureza no assoalho “toc-toc”. Viver assim sem lembranças era uma dor constante que vinha de lembrete a sua vida decadente.
– Aqui, senhora, seu chá. – Sempre a lembrança de suas marcas, ali pra te dizer como é cruel o tempo, que te beija por um segundo e lá se vão cinquenta anos.
Os passos continuam a bater no chão, as curvas continuam a ser passagem para um rio que vai e nunca volta o mesmo. O tempo que consome como o fogo em palha seca.
O corpo continua correndo pelas ruas, tal como seu sangue continua fervendo em suas veias. Uma mulher, uma vida, uma inconstância.
-Quer dançar comigo meu bem? – O que flui entre os fluidos, beijou entre as coxas, suou entre os sorrisos e gozou de todos instantes foi um tango bem dançado, com todos passos bem dados.
Mais um corpo pra ser seu, além do seu que já o amo, mais um timbre pra cantar a música que todos cantam.
– Jazz pra mim meu amor! – Sorrisos mornos em copos frios de champanhe.
Mas um lençol bagunçado pra deixar por todo canto.
A alça se transformou em sutiã, que se fez pele, que se fez gorduras e músculos e ossos e sangue e aquilo tudo que já foi. Assim, cantando a música que todos cantam, ela se foi. Em outro abraço, em outra dança. Um fim eterno para aquela que amou a vida.
– Já vai querida?
– Há muito tempo eu já fui. – Mas uns passos e ela chega lá, onde ninguém chegou.
Seu nome? Doralice.
Uma mulher nunca conta sua idade, nem seus segredos, nem seus pecados.

Anúncios

2 pensamentos sobre “O retrato do velho homem que nunca fui. 

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s