Um óculos para meu cadáver. 

– Contei uma estória a ele querida, mas ele não me ouviu. 

– Está tão frio Marta, tão frio. 

– Respire fundo querida, ele já vem. Eu te disse, contei uma história… 

– Marta, olha como meu corpo está frio, mas por que minhas lágrimas teimam em sair quentes? 

– Oh querida, por favor, fique em silêncio. Ele já vem, não gaste suas energias. 

– Estou morrendo Marta, do que me adianta economizar agora? 

– Não chore. Olha, lá vem ele. 

– Sinto muito senhorita Marta, o médico não pôde vir. 

– Mas ela está morrendo! 

– Não senhorita, ela já está morta. 

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s