Vermelho como o tempo.

Se ontem você me dissesse adeus
não me preocuparia em fugir,
Mas foi hoje que você me pediu em segredo,
Lamento não conseguir resistir
Meus lábios vermelhos te afeta?
Nada mais justo que o sangramento em m’alma
Devo ter pagado penitencia
Por ter matado amado
Se hoje você voltasse
Eu não teria mais 60 anos,
E juntos, talvez, dançássemos
Até o outro ano.

Espero que meus lábios vermelhos lhe afete,
Assim como teu chapeu despendido pro lado me prende
Sou solitária seu teu sorriso delicado,
Me faça sua cama,
Deite-se comigo,
Me ama?
Ele se foi, há 60 anos que espero.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Vermelho como o tempo.

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s