Na minha idade se morre com resfriado

Coloquei o pé na janela e vi a chuva caindo. Dentro de mim o estômago embrulhava e o intestino se contorcia. 

Sempre imaginei que o som da chuva fosse apaziguador e suave. Mas hoje trovejava e o céu brincava de jogar fogo na terra. – Raios o partam! 

Um dia de lembranças e sorrisos eu pensei ao acordar, mas tudo que sempre fiz foi ter nascido uma criança triste e todas minhas lembranças são um nó no estômago e dor de barriga. Confesso que meu primeiro beijo foi inventado, os outros uma droga e o resto eu nem digo porque aqui não cabe tanta merda preenchida no vazio. 

– Como deve ser a sensação de ser árvore? 

– Depende o tipo de árvore, dependendo do tipo a pergunta certa seria ” Como deve ser a sensação de ser um lápis?” Ou até uma mesa, uma cama, um sofá e por aí vai. 

– Espero que sua carreira na cozinha estaja indo bem, porque pra psicologia é desesperador! 

– Por isso tomo meus remédios, tem uma hora que basta ouvir ladainhas

– Ué, não me disse nada de remédios

– Ah, mas são ótimos, chamo eles de massa e fogão. Você soca a massa até passar a raiva e depois que ela sair do forno você a come até esquecer o motivo de estar com raiva. 

– Há há. E a balança? 

– A balança que se foda. Você devia parar com essas idéias loucas de peso e balança

– Eu não ligo

– Então porque disse? 

– Porque é o que se espera que eu diga. 

Entrou na chuva e saiu andando, que boca essa que fala sozinha? Que vontade é essa de dormir o resto da vida? Tudo tão vazio, vazio…

Quem diria que a chuva pode ser tão fria. 

Anúncios

Linhas faltando na minha vida como faltam nesse texto. 

Essa é a primeira vez que escrevo sobre mim. Ontem eu estava num bar e vi as paredes escuras me engolir, à princípio achei que fosse a cerveja misturada com whisky que tomei, mas depois vi que era só eu e minha dor. 

Fui embora mais cedo com uma mulher cujo nome já não me lembro mais, apenas dos olhos vidraros, das linhas marcadas e do cheiro de perfume doce – odeio perfumes doces, ataca minha rinite. 

Camisinhas jogadas, roupas amassadas e um “Me ligue depois, tenho uma amiga que adoraria participar” eu enfim estava sozinho com minhas paredes vazias. O meu corpo tornou a ser vazio ou talvez sempre fora e eu não percebi. Adiante homem. Adiante para a morte. Mas ela nunca vem.