Amor perdido, coração partido.

Suas mãos gosmentas passavam pelo cabelo curto dela. Ele a beijava com sua língua grossa e úmida.
– Por favor – Ela não dizia nada com clareza, apenas balbuciava.
– Calma, calma. Você é tão forte. Hum, uma delícia – Ele levantou sua cabeça pesada e deu um cheiro no ar.
Ela chorava em silêncio, com seu peito aberto e exposto para a grande língua o saborear.
– Quantas vezes eu terei que morrer? – Ela dizia chorando, o seu coração aperto pulsava naquela língua grossa.
– Todas a vezes que você se apaixonar. Ele riu e riu, lambia a ferida aberta.
– Hum, você é uma delícia. Puro amor! – Ela apenas sentia a dor em silêncio e o monstro a saboreava, um delícia. Puro amor.

Anúncios

Um pensamento sobre “Amor perdido, coração partido.

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s