Decisão conjunta.

-Então, como fica?
– Não sei.
– Você quer?
– Você sabe que não.
– Eu sei que é uma vida dentro de você, mas eu vou entender se você quiser abortar.
– Não é fácil assim, ok? É muito difícil. É uma vida dentro de mim, é muito injusto eu tirar o direito dela de viver!
– Ela vai tirar o seu…
– Não, ela só vai me regrar. Escuta, pode ir embora. Não estou procurando um pai.
– Mas eu quero ser um..
– Então fica!
– Nós dois?
– Os dois.

Ester Sousa.

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s