Nuvem branca, chuva branda.

Não senti necessidade de falar com você.
Às vezes tudo que eu sorrio é só sorrisos.
Minhas palavras vem do parto normal.
Chega de césares.
Chega de oras e horas.
Não senti necessidade de tomar café.
O cigarro esqueci.
Tudo que lembrei no final
Foi da linha do trem de ferro.
Nela eu não deitei.
Nela eu subi.
Maria fumaça é minha companheira.
Nada mais que eu tenho o que eu preciso.
O que eu quero.
Enfim, choveu.

Ester Sousa.

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s