Mordida sensual pra lá de canibais.

Passou a língua pelos lábios secos. 
– Deixa eu te comer? 
O corpo vibrou em excitação.
– Deixo. 
Então ele a mordeu. 
Mordeu forte, Mordeu doído. 
Ela foi embora, sem dar e nem receber. 
Que  mandou querer dar de comer a doidos famintos? 

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s