O inferno está aqui e todos os demônios somos nós.

Andado por entre os arbustos, dobrada no próprio corpo.  Cuspia a massa amarela. 
– Onde você está?  Covarde! –  se debruçou novamente sobre o próprio corpo e cuspiu, ou vomitou? 
As lágrimas corriam pela sua face e cortava a pele delicada. 
– Venha! Não gostaria de descobrir o monstro que sou?  Não gostaria de saber quem sou?  Filho nascido do inferno!  –  Apareceu um homem ao lado dela,  sorria de forma tão suave,  se eu já tivesse visto outrora um anjo eu o assemelharia ao homem ao lado dela. 
– Ah minha flor,  chama-me de demônio,  de monstro.  Chama-se de monstro.  Mas quem és tu?  Uma hipócrita.  Vomita sobre si mesma por não querer largar quem não é!  Olha para mim,  olhe!  –  Ele vociferava de forma brutal, o rosto perfeito sem uma mancha,  linha de expressão,  marca e qualquer imperfeição.  Continuou gritando com uma calma terrível,  e era tão lindo de se ver. 
A mulher se ergueu,  nesse momento se dobrou pesadamente e tornou a vomitar e cuspir,  dessa vez eram pedaços de entranhas. 
– Seu cretino. –  Ela caiu em meio ao sangue e aos pedaços de dentro de si.  Fechou os olhos e foi desfalecendo. 
– Volte para o inferno minha querida,  a encontrarei lá.  –  Ele ergueu as asas negras e mergulhou num vôo  perfeito para dentro da terra. 
A mulher ficou caída sobre si mesma no meio da grama cortada,  suas asas cortadas sangravam, seus lábios abertos deixavam sair o líquido amarelo.  Os olhos dela ficaram abertos eternamente sobre o céu. 
O dia findou. 

Anúncios

3 comentários sobre “O inferno está aqui e todos os demônios somos nós.

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.