Monogamia, amor todo dia.

Esperei mil anos pra te encontrar.
Esperei entre os braços nus a te abraçar.

Oh, quem pode agora me dizer não se a todo instante choro e imploro?

Venha-me.
Traga-me.

Se amo todos dias é que muito amor há em mim.
Ah, meu amor, como meus amores são diferentes.

Monogamia sim bem bem.
Mas sofro também de amorgania.

Esperei por tanto tempo.
Bati impaciente.

Onde guardo o coração de vidro.
Onde jogo minhas alegrias?

Busca-me.
Consola-me.

O sol já se vai.
Suas promessas se foram.
Prometi e cumprir.

Amar-te.
Amo-te.
Você não me ouviu.

2 comentários sobre “Monogamia, amor todo dia.

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.