Parabéns aos pais.

Aprender a amar é além de esperar.
Quando você se formava ele não sentia as dores.
Não sentia as pontadas.
Mas amou.
Amou mesmo sem ver cor, rosto, gosto, nome e sobrenome.
Ele via de fora como um telespectador e de certa maneira também fazia parte do show.
Ah, quantas vezes pequenino ele te amparou com os braços fortes.
Embalou com o abraço suave.
Ralhou, talvez até corrigiu de forma brusca.
Mas amou.
Por amor.
Quem seria você se não fosse ele?
Uns não criam, outros se vão muitos cedo.
E por qual seja o motivo o motivo é ele.
Amou por todos os anos que se passaram, ajudou,  cuidou protegeu e acolheu.
Ficou.
Por mais que ausente seja ele ainda está presente.
Pai é amar por fora.
Não é sentir as dores, mas sim as compreender.
Ele chorou.
Feliz é o amor.
Ser pai não é saber, é aprender.
Feliz para todos os dias.
Ser pai também é sofrer.

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s