Téo é normal, só não mostra o seu “a”-normal para todos os estranhos. Que são todos.

– Quer que eu fique com você?
– Você nunca quis ficar.
– Claro que…
– Não, não É não. De mentiras me basta o espelho. Vai embora Rô, vai agora.
– Mas você acabou de perder o be…
– Não! Eu nunca tive ele.
– Espera Téo, não sai andando. – Mas tem coisa que mesmo cedo ainda se torna tarde de mais. Até palavras lançadas fora.
– Eu nunca quis ir.

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s