Baseado em fatos reais não é um título adequado para contar mentiras!

Quando nova, não me importava.
– Que se finde! – Eu dizia soberba.
Mal sabe os pequeninos que soberba não é virtude.
Não me facilitava a vida ser desregulada.
Não ser educada.
Ser difícil.
Tinha uns sonhos descabidos.
Perdi a conta com que perdi e não interessava.
No fim, hoje depois de tempos que há anos não conto a idade eu vejo que em tão desregulada, desajustada, eu era feliz.
Tinha tempo pra macaquice.
Namorar adoidado.
Eu era feliz.
Hoje, eu conto o que já perdi.
Experiências que foram.
Tempo que ficou.
Já velha eu digo
– Que dure! – E nada dura.
Mas isso é tudo mentira.
Ainda mal nasci.
No pouco que vejo
Vejo que não cresci.
E não.
É além.
São contos reais substanciais.
São todos os quês.
Os por quês, ficaram pra trás.
Eco.
Discreto. Menina velha.
Velha menina.
Todas mulheres.
De mãe para filha.
De filha para mãe.
Todos os dias são os dias.
Agora eu vejo.
A semente que plantei cresceu.
Mantém raízes profundas.
O tempo e amor talvez andem juntos.
Eu e eles.
Que digo então.
Fatos reais não são baseados em mentiras.
Se olhe.
Um dia você terá alguém igual a você.
Quer que seja como você?
Melhore.
De todas.
De todos.
Pode não ter conhecido, amado, vivenciado.
Mas todos nós tempos um início.
Minha mãe e eu.
Não é só esse dia.
São todos os dias dos dias.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Baseado em fatos reais não é um título adequado para contar mentiras!

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s