Palavras, matéria, estado. Meu dadaísmo cotidiano.

A máquina de escrever escreve.
Se escreve máquina de datilografar.
As mãos que escrevem mexem.
Se mexe as mãos que escrevem.
O mundo gira nas palavras.
As palavras gira o mundo.
O homem vive no mundo.
O homem é o próprio mundo.
A máquina de escrever escreve, O homem vive no mundo.
A máquina de escrever, são palavras.
A máquina de escrever escreve palavras.
O homem escreve palavras na máquina de escrever.
O mundo gira o homem.
O homem é uma palavra.
Palavras de um homem mudo.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Palavras, matéria, estado. Meu dadaísmo cotidiano.

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s