Saudade que forra o estômago.

Comi dessas rosquinhas que eu comia quando morava aí.
Senti saudades, não da cidade.

Anúncios

7 pensamentos sobre “Saudade que forra o estômago.

      • Bom? Ruim? Tá. Vam´ fazer o seguinte: você continua haicaiando sem saber que está haicaiando e não fique preocupada por haicaiar sem que fosse essa intenção primeira pois ora veja veja e olhe o Paulo, o Leminski o cara lá do “Catatau” e a Alice, a Ruiz e o Matsuo Bashô e a Ana Cristina César também haicaiaram e também não ligavam muito para a haicaiação que tavam lá fazendo pois o negócio é fazer primeiro e pensar depois como se você fosse a poeta mais rápida mais rápida do oeste e ai daquele que duvidar pois você sabe Ringo não perdoa, mata. E é isso.

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s