Era pra ser pra você, mas aquela outra não sai do meu pensamento.

Aqui, escuta essa.
Compus pra você. Que tal pegar o meu violão, meu copo de café e deixar fluir?
Aqui, você deveria ser meu sonho dourado. 
Deveria ser me amor mais amado. 
Porra, qual teu problema?
Só me trás depressão. 
Escute bem sua canalha.
Deveria ter mais consideração, 
Meu coração é fraco, estou cansado dessa droga. 
Desilusão. 
Teu jeito de rebolar ainda mexe comigo, 
Além de tudo você era uma vadia, 
Sempre no bom sentido. 
Aqui, essa que eu fiz foi pra te esquecer, 
Mas como todos meus planos vagos, esse deu errado. 
Again. 
Pega o meu café, trás meu violão, 
Deixa eu me lembrar, 
Deixa eu te beijar. 
Uma ultima vez. 
Escute cara, era pra tu a esquecer, 
Tu sabe que convidar pra cama é furada,
Essa mulher não presta, 
Não com toda essa perfeição. 
Venha aqui sua vaaaaaa…
Juro que essa noite vou te esquecer. 
Uma ultima vez, traga meu violão, faça teu café 
e me deixe me ver, você rebolando. 
Again, again. 

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s