Pecados passados.

– Mãe, compra absorvente. – A mulher parou de mexer a panela e olhou a menina sorridente.
– Você menstruou filha? – A moça a olhou com desdém.
– Não, estou pedindo absorventes para grudar na roupa e sair andando na rua. – A mulher a olhou triste, parecia que havia sido atingida por um caminhão, foi pior, foi pela língua da filha.
– Você devia me respeitar mais. – Disse se virando para o fogão. A moça a ignorou. Não era a primeira vez que menstruava, já era a quinta. Não contou pra mãe.
– Cadê o dinheiro? – Ela disse seca.
– Em cima do armário. – Ela se virou e foi embora. A senhora se sentou na cadeira e começou a chorar.
– O que eu fiz Deus, o que fiz pra minha filha me odiar? – Ela enxugou as lágrimas e terminou a janta.
A moça não voltou aquela noite. A mãe não pode fazer nada, só chorar, sabia a resposta do seus problemas, pecados que ela não podia simplesmente pagar.

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s