Mentiras sinceras.

Eu tenho um defeito, qualidade, não sei ao certo. Mas quando eu paro de amar alguém não consigo dizer “eu te amo” nem por mais que tente. É maior que eu, a verdade e o amor. Ele sumiu não há nada que eu possa fazer, nem ao menos fingir. Pode ser que eu tenha fingido até agora, mas daqui pra frente não dá mais, só de pensar em pronunciar tais palavras é algo dolorido, o pior não é mentir pra mim, é mentir pra você. Eu sei que ainda não percebeu, mas até evito falar os teus apelidos carinhos, me desculpe, mas aquilo morreu. 

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s