O suficiente

Image

O Pé de Pedro ou o Pedro do Pé?

A Fome que assola a Terra
e faz a semente fértil perecer.
O vento seco que fustiga a criança
com a barriga cheia de doença.
Que transforma sorriso em lágrimas
e desenha ossos na pele magra.
A Fome que transforma esperanças
que faz sonhos se destilar com a Terra.
A Seca que faz o céu ficar mais azul
e a Terra mais vermelha.
As únicas cores para os filhos perdidos.
As mães que choram desoladas,
que buscam água na cabeça,
que enfrentam a morte certeira.
O mundo que é dois em um,
de um lado abundancia
e do outro pouquidão.
Caminhos trilhados pelos pés descalços
que se fazem da alegria apenas um bocado.
O sono que transforma a Fome em satisfação
E vem trazendo sonhos, dos sonhos os sonhos.
A semente germina na Terra Seca,
flagelada pelo vento impiedoso,
a semente que resiste a resistência,
e cresce se satisfazendo,
a semente que cheia de espinhos
por dentro há o fruto divino.
A semente que é gente.
A semente que germina,
A semente que vive a Terra Seca,
transforma lágrimas em sorrisos.
Cada nota é só uma nota sem canto,
todas notas juntas virão um cântico.
A semente que juntas formam gente.
A semente que resiste a gente,
a Fome, a Seca, a Terra Infértil.
A semente que cresce gente.

Anúncios

2 pensamentos sobre “O suficiente

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s