Indecisão.

 

Image

Eu sou quem afoga ou sou quem salva? Talvez, talvez eu seja ambos…

 

Essa dor, essa dor que não sai de mim! Essa dor que me agonia e enche meus olhos de lagrimas e eu só quero gritar, me pergunto na calada da noite, na solidão da minha cama, o por quê eu?! O que eu fiz? Amei. Me disseram que o amor era lindo, uma fantasia, fogos de artifícios, arco iris. Mentira! Por que você mentiu pra mim quando disse que meus olhos eram os mais brilhantes, que meus lábios eram os mais doces, minha pele a mais límpida, meu corpo o mais suave, e eu a mais linda? Sádico o amor, ou sádico você? Sádico os dois?! Sabe o que me atingiu, o que me cortou e abalou o coração, foi ver seu sorriso, aquela sua covinha no canto que tanto me encanta, lindo e não meu. Não mais! Por que me iludiram me dizendo que o amor era o poço da felicidade? Nasci pra sofrer? Sempre me dizendo que me amava, agora eu sei que o amor nada mais é que dor. Há aqueles que amam de verdade, que não sentem dor. Quando sentirei esse amor? Ou até posso dizer que o amor tem prazo de validade, tem um fim. Presta atenção nos meus lábios doces que não mais você beijará, no meu sorriso alegre que não será mais dedicado a ti. Amarei novamente, ou amarei, porque a dor que senti, a alegria que senti não era amor, era a dor, o fogo, o tempo. Eu te amo. Te odiando e te querendo. Não, eu não mais te amo! Apenas fecho os olhos e durmo em paz, agora já posso dormir. E sonhar com uma certa covinha que ainda não decidi se amo ou odeio …

Anúncios

6 pensamentos sobre “Indecisão.

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s