Os Sem Sombras

Imagem
Já pensou que o seu monstro está dentro de quem você ama? Nunca confie.

                                                                         3.1

A pele da menina tinha gotículas de suor no corpo magro. Os olhos pequenos e escuros estavam trêmulos. O corpo todo tremia. A boca pequena estava aberta em palavras não ditas, e a saliva caia pelos cantos como se a garota não a pudesse controlar. Na sua frente se via uma massa preta e esfumaçada envolta do garoto de doze anos. O rosto com um sorriso demoníaco e os olhos semicerrados mostrando uma alegria macabra. Ele passava a língua comprida pelos lábios risonhos enquanto olhava a garota despendida. Ela começou a lutar baixinho na sua mente. Gemia e dizia não. Ele estava gostando da reação e continuou a envolvendo na névoa preta e sombria. Ela jogou o braço contra a parede com força, ele machucou instantaneamente e começou a inchar de forma drástica. Então um grito foi dado. Alto e agonizante, não condizia com a expressão vaga no rosto da garota. Ela caiu no chão em um silêncio perturbador e depois fechou os olhos. Assim que ela fechou os olhos a névoa voltou para a boca e nariz do garoto, que caiu no chão em um silêncio profundo, logo ele fechou os olhos e dormiu como um anjo.

Quando o garoto acordou estava deitado no seu quarto, os pôsteres ornavam as paredes brancas e lisas, havia uma enorme janela de madeira branca onde a paisagem era um salgueiro grande e velho.

Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.